(11) 94712-0300

chinaglia@fmera.com.br

Alamedas de Alphaville e Tamboré são recapeadas

Há duas semanas, quem trafegava pelas avenidas Paiol Velho, Tucunaré e Via Parque era forçado a desviar de buracos abertos, principalmente por conta de obras das Comgás (Companhia de Gás de São Paulo).

Funcionários da companhia estavam trabalhando na colocação de canos na extensão da Paiol Velho e também da Tucunaré, onde novas empresas e edifícios estão sendo instalados. Quem circula agora pela Paiol Velho, encontra os buracos tampaos e sem intervenções. Parte do solo da via recebeu camadas de piche, do lado direito de quem sai do local para a região central do bairro de Alphaville ou para a cidade de Santana de Parnaíba que não nivelou a rua em 100%, mas a deixou sem armadilhas.

Na Tucunaré, os buracos também foram fechados. No entanto, falta sinalização indicativa de velocidade, o que favorece o abuso de alguns motoristas. Também não há sinalização na Paiol Velho. Muitos moradores reclamam dos carros e caminhões que circulam acima de 100km/h e dizem que a Prefeitura de Barueri deve sinalizar o limite de velocidade, além de reforçar a presença de agentes de trânsito a fim de evitar acidentes.

A Via Parque também passou por intervenções recentemente. Com as chuvas intensas dos dois últimos meses, o número de buracos aumentou, dificultando a circulação de carros por lá. A área tem tráfego intenso de veículos grandes e pequenos durante a semana. Já nos finais de semana, moradores dizem que a rua vira uma espécie de pista de corrida, com grupos de jovens apostando corrida e colocando em risco a vida deles e também de outras pessoas.

Parnaíba

As obras de contenção na avenida Altos de Alphaville seguem em ritmo acelerado. Após a apresentação de problemas no talude, o local ganha uma cortina de concreto, ou seja, uma espécie de muro de arrimo.

A necessidade da obra, que fica entre as portarias dos residenciais Alphaville 8 e Uptown Housing, foi constatada, pois existia a possibilidade de causar um deslizamento de terra, podendo, assim, comprometer alguns lotes do empreendimento Alphasítio.

Segundo o secretário interino de Obras, o engenheiro Ricardo de Souza Terassovich, no momento, a obra de construção da cortina de concreto já está com 1/3 concluída. “Para a realização desta obra, que demanda alta complexidade, está sendo erguida essa cortina de concreto atirantada de cima para baixo e não ao contrário. A medida é necessária para garantir a estabilidade do serviço, para que não ocorra qualquer risco de deslizamento”, explica.

A cortina – que possui 72,93 metros de comprimento e, aproximadamente, oito metros de altura – está sendo fixada com 18 estacas. Após a conclusão da cortina de concreto, será realizada a recuperação do talude. E, finalmente, a instalação de canaletas de águas pluviais, por onde a água da chuva será escoada não prejudicando o solo.

Fonte: Folha de Alphaville


Agência Tribo

Copyright© 2018 VIVA BEM TAMBORÉ / ALPHAVILLE. Todos os direitos reservados